sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Blogagem coletiva- Esmalte cor coral


Assim, Fer, esse esmalte ta valendo?
Rsrs!
Ele não é O coral, mas tem  a cor do tom.
E o nome é Juicy Coral.
=)


Tenho esmalte cor coral, que inclusive 
já usei numa blogagem coletiva.
Mas deixa eu explicar o motivo desse esmalte:
Ganhei de aniversário de uma amiga que trabalha no Boticário,
e hoje graças a ela, trabalhamos juntas
(valeu Japa).
Quando ganhei, eu disse que teria de evitar o uso
devido ao meu emprego anterior.
Ai quando comecei no Boticário, ela me viu com um esmalte roxo
que ela achou ser do Boticário, e disse:
Usa o laranja pra fazer "merchan",
agora você pode.
Kkkkkk!!!

Gente, eu troco a cor do esmalte de 3 a 4 vezes por semana.
Sou normal?
Hahahaha!

Esmaltes:
O Boticário- Juicy coral
(Make B.)
Risque- Chão de estrelas

Tem mais aqui oh:


Fernanda Reali

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Doação de sangue (Capitalismo)

Capitalismo

1. Influência ou predomínio económico ou político do capital.
    2. Conjunto dos capitalistas



Revoltada.
Essa é a palavra.
Você que já doou sangue ou pensa em doar,
você sabia que esse seu gesto "nobre", 
ao ser repassado para um paciente que necessite de sangue, 
será cobrado dele?
Isso mesmo!
Aquilo que você faz de graça e acha que está ajudando,
terá um enorme valor comercial.
Não posso entrar em detalhes, mas sei de um caso, 
em que o paciente está num hospital particular,
precisou até agora de 34
(você leu certo, 34)
bolsas de sangue.
E cada bolsa, foi cobrado o valor de R$ 1000,00 reais.
R$ 34.000,00 por sangue.
Agora pense comigo:
Você vai lá, doa seu sangue, ok.
Suponhamos que tempos depois você por algum motivo necessite de uma transfusão de sangue.
Você terá que pagar praticamente pelo seu próprio sangue.
Isso é certo?
Eu não acho!
Digamos que você precise de 5 bolsas.
Você saca da carteira ou do banco R$ 5.000,00 ?
Não!
Dizem que não é cobrado pelo sangue, e sim pelos procedimentos
(coleta, armazenagem, exames, etc).
Porém, uma bolsa que você doa, salva 4 vidas.
R$ 1.000,00 pelos procedimentos?
Não acho que seja isso tudo.
Não acho que deve ser pago algum valor ao doador.
Acho que o valor NÃO tem que ser cobrado do receptor.
Afinal, pra doar, não cobram nada.
Mas também, sem doação, não tem procedimentos.
E sem procedimentos, sem custos.

Deixo claro, não estou aqui para reprimir a doação de sangue,
mas eu, perdi totalmente minha vontade de doar. 

O problema é que esse país fede capitalismo.
Saúde é a única coisa que não se compra.
Esse mundo é nojento.

Doe sangue. Doe vida.
Acho que não é bem por aí.

"Homem Primata
Capitalismo Selvagem"
Titãs- Homem primata

Status: Revoltada


quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Agradecer


1. Dar agradecimentos por; retribuir com agradecimentos.
2. Exprimir agradecimentos.


Jogue suas mãos para o céu
Agradeça se acaso tiver
Alguém que você gostaria que
Estivesse sempre com você
Na rua, na chuva, na fazenda
Ou numa casinha de sapê...
Kid Abelha- Na rua, na chuva, na fazenda


1 ano e 2 meses


romA- Amor ao contrário


segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Sujeito


1. Que se sujeitou a algo ou alguém.
2. Dependente, subordinado.
3. Domado, subjugado, submetido.
4. Que está sob determinado dever, obrigação, etc. 
5. Pessoa de quem se omite ou desconhece o nome. 
6. Assunto, tema.


“Se é pra viver, vamos viver direito. Com conteúdo. 
Troque o verbo, mude a frase, inverta a culpa. 
O sujeito da oração é você. 
A história é sua, mãos à obra!
 Melhore aquele capítulo, jogue fora o que não cabe mais, 
embole a tristeza, o medo, aceite seus erros, reescreva-se. 
Republique-se. Reinvente-se. 
E transforme-se 
na melhor edição feita de você.”
Fernanda Mello


Status: Determinada.


Pesquisar